terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Indústrias que funcionaram  no bairro

.Metalúrgica Bárbara na Avenida Jandira com Jurupis
.Indústria Itaúna de Bomba d'água na Avenida Ibirapuera com Avenida Lavandisca
.Linhas Setta na Avenida Ibirapuera
.Sucos K-refresco na Avenida Cotovia
.Fábrica de ´Bomba d'água Vempa na Alameda dos Aicás
.Sherwim Williams Tintas na Avenida Jandira com Jurupis
.Indústria Yanes na Alameda dos Arapanés
.Indústria Soares na Avenida Ibirapuera com Macuco
.Indústria Impacta na Avenida Jandira
.Indústria de Transformadores Wilkason na Avenida Cotovia
.Indústria de Raquetes Procópio na Avenida Lavandisca
.Pial Indústria de Interruptores na Alameda dos Maracatins
.Eletrodos Fredoti na Alameda dos Maracatins com Iraé
.Máquinas de Solda Simonek na Avenida Rouxinol com Pintassilgo
.Indústria de Tintas Durlin na Avenida Ibirapuera
.Parafusos Fapap na Avenida Jandira com Juquis
.Fiação Indiana na Avenida Ibirapuera
.Tecelagem das Américas na Avenida Ibirapuera
.Fiat Lux na Avenida Cotovia
.Brindes Pombo na Avenida Jamaris
.Indústria de Conservas Irmãos Machatanz na Rua Lavandisca 245

16 comentários:

  1. Conforme pedido do meu amigo Marcio Castellani
    foi adicionado na listagem das indústrias a Indústria de Conservas Irmãos Machatanz que funcionava na RUa Lavandisca, 245

    ResponderExcluir
  2. É interessante que só agora ao ler esta lista me dei conta de quantas indústrias havia no bairro. Isso me trouxe à lembrança uma imagem muito antiga que acontecia todos os dias na minha volta pra casa, no ônibus escolar. Sempre por volta de uma da tarde, passando pelas ruas de Moema,que chamávamos de Indianópolis, onde moravam muitos alunos, a gente se deparava com as calçadas repletas de trabalhadores esparramados numa preguiça gostosa de quem havia acabado de almoçar. Agora entendo melhor aquelas cenas e sinto saudade.

    ResponderExcluir
  3. A met. Barbará (propriedade da Saint Gobain) ocupava todo o quarteirão entre a Jurupis e Ibirapuera, e Jamaris e Jandira, sendo que a Av. Jurema, não por acaso começa justamente onde era o portão da entrada principal da metalúrgica, era adquiriu 51 da antiga "Companhia Brasileira de Metalurgia" em 1932 e totalizou os 100% da compra em 1967... quando já estava se retirando do bairro sendo quê, a 'CBM' foi a principal razão de meu bisavô, Fernando Arens, ter criado o loteamento de Indianópolis em 1913, o que era antes apenas o "Sítio do Fundão" de propriedade de seu sogro (meu tataravô, Alberto Hugo de Oliveira Caldas) para trazer a metalúrgica do local onde hoje se chama 'Vila Arens' no sub-distrito de Jundiaí, oferecendo assim, lotes aos empregados das nossa e de outras fábricas aqui a serem instaladas e visando a oportunidade de expandir a área industrial da cidade para o sul

    ResponderExcluir
  4. Nossa, trabalhei na Fiacao Indiana, que foi fechada pra se transformar no Shopping Ibirapuera, morava na Rua Jacutinga, com meus pai e minha irma, e estudamos no Levy e no Grupo Escolar Cesar Martines, fiz primeira comunhao na Igreja Nossa Senhora Aparecida e lembro que neste dia , minha mae me acordou de madrugada para tomar o cafe da manha, pois tinha que ficar 3 horas sem comer para poder comungar, andei muito a pe pelo bairro e quando passo por la (e muito dificil isto acontecer, pois estou fora de S Paulo ha ja quase 30 anos), tem lugares que tenho dificuldades para reconhecer.
    A agencia do Joquei me lembro bem , meu tio era alfaiate na casa ao lado e em frente tinha o Cine Joa, ninguem lembrou dele, grandes matines. Saudades daqueles tempos
    Maria Cristina Di Pace Schmidt

    ResponderExcluir
  5. MARIA CRISTINA DI PACE SCHMIDT por favor entre em contato comigo

    meu email: maimarcia.moema@gmail.com

    obrigada

    abraço

    ResponderExcluir
  6. caiopdesousa,
    Sobre Alberto Hugo de Oliveira Caldas que voce citou ele também adquiriu terras no litoral paulista. Preciso falar com voce sobre isto.
    marcelo@diannoweb.com

    ResponderExcluir
  7. trabalhei na simonek de 1975 a 1980 oswaldoberg@hotmail.com

    ResponderExcluir
  8. Nossa, Quanta lembranças me veio a tona quando achei este site, O que mais eu lembro são os cheiros caracteristicos das fabricas, quando minha mãe me puxava pelo braço fazendo compras no bairro, principalmente da metalúrgica Bárbara e tintas Sherwim Williams que eram perto de casa (rua aratans), outra boa lembrança tambem são os vitrais da igreja N.S.Aparecida

    ResponderExcluir
  9. Nossa, quanta lembranças me veio a tona agora lendo esse brog, Principalmente dos cheiros caracteristicos das fabricas, que eu sentia quando minha mãe me puxava pelo braço fazendo compras no bairro, principalmente da metalúrgica Bárbara e tintas Sherwim Williams que eram perto de casa (rua Aratans), outra boa lembrança também são dos vitrais da igreja N.S.Aparecida

    ResponderExcluir
  10. Que recordações mais belas. Morei neste bairro desde do meu nascimento em 1957 até 1980. Minha mãe e minha tia trabalharam na Fiação Indiana, meu tio na Barbara, estudei na Escola Primaria Fiação Indiana de 1967 a 1970 ano de sua extinção. Hoje estou com 56 anos ao ler essas historias meus olhos se encheram de lágrimas, pois veio na minha lembrança todos aqueles momentos maravilhosos que vivíamos naquela época, onde todos se conheciam, fui em várias matines no cine joa, fiz primeira comunhão na Igreja Nsa Sra Aparecida e todos os domingos eu e meus irmãos íamos na missa com a minha mãe. Tempo bom que não volta mais, só fica como recordação. Antônio Carlos S sANOS

    ResponderExcluir
  11. TEM ALGUEM DA TECELAGEM AS AMERICAS

    ResponderExcluir
  12. oi antonio carlos talvez vc lembra se de min...Trovato

    ninotrovato54@alice.it

    ResponderExcluir
  13. Alguém poderia me passar alguma informação sobre a tecelagem As Américas - motivo de aposentadoria - rogerteca@uol.com.br..........obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mahelegon@hotimail.com11/22/2016 11:08 AM

      Eu trabalhei la quando tinha 14 anos.Hoje teno 59 e queria informações tbém

      Excluir
  14. Ricardo Pimenta11/18/2014 7:55 PM

    Tinha uma fábrica que trabalhava com aço na Alameda Jauaperi entre avenida cotovia e avenida dos eucaliptos. Não lembro o nome.

    ResponderExcluir
  15. Ricardo Pimenta (Nikita)11/18/2014 7:58 PM

    Lembro de todas, inclusive uma fábrica na Jauaperi, quase esquina com eucaliptos,

    ResponderExcluir